Crônicas

JUVENTUDE NOTA 10

Hoje desejo prestar uma homenagem aos jovens. Àqueles que embora sem experiência, sem conhecimento e sem maturidade, têm tudo aquilo que é preciso para mudar o mundo: sua juventude. Desculpe se posso parecer chato, mas, chato é aquele que quando você pergunta como vai, ele diz. E eu juro que não faço isso. Além disso, como disse Benjamim Franklin, é falta de educação calar um idiota e crueldade deixá-lo prosseguir, portanto, não seja mal educado. Seja somente cruel. Só quero me valer deste espaço para louvar quem é jovem. Mas, quem é jovem? ou: o que é ser jovem? Meno male que não é simplesmente ter pouca idade. Não seria este tipo de juventude que eu estaria louvando pois esta passa e desaparece com o tempo, deixando rugas, cabelos brancos, gordurinhas localizadas etc. etc. Refiro-me à juventude imortal. Aquela que você tem estampada no rosto e no olhar e que acompanha cada gesto e cada atitude do seu dia-a-dia: è o estar sempre disposto; o gosto pelo desafio constante; a procura de adrenalina; o prazer e reconhecimento do belo. É o ser poético e amante eterno. É nunca parar de sonhar. Ser jovem pode significar ter 16 ou 80 anos. Não importa. O que importa é ser realista e exigir simplesmente o impossível, rompendo sempre as barreiras. Com todo o respeito. Não. Por favor, não me confunda. Não sou fã de Bakunin, nem radical da CUT e muito menos adepto do anarquismo “Si hay gobierno yo soy contra...” Procuro, simples e desesperadamente, continuar sendo jovem. Por que? Porque ser jovem é diferente de querer parecer jovem. Quem é jovem está assim em qualquer circunstância, sem forçar nenhuma barra. Querer parecer jovem é entrar numa de pintar cabelo, usar roupas transadas e expressões como “isso é 10, cara!”, mas não conseguir penetrar na tribo nem com reza braba A juventude sabe diferenciar e distinguir o joio do trigo: é interessante notar como aceita o coroa quando este tem cabeça boa (expressão típica da juventude para expressar que alguém está na deles). A troca é salutar para ambas as partes. O coroa jovem precisa da transfusão constante da energia da juventude e esta da maturidade e experiência de vida daquele. Graças a Deus tenho a sorte de vivenciar meus sessenta anos de juventude com centenas de jovens e lado a lado refletir no pensamento de Mark Twain que diz: “A vida seria infinitamente mais feliz se pudéssemos nascer com 80 anos e fôssemos lentamente atingindo os 18...”