Crônicas

OS ATRATIVOS DA MULHER

Recentemente tive a oportunidade de assistir a um debate sobre as qualidades da mulher que os homens mais apreciam. Por mais que a gente queira encarar esse tipo de pesquisa como apenas uma brincadeira ou uma maneira de matar a curiosidade, no fundo, os resultados não deixam de refletir aquilo que realmente representa uma preferência nacional. A maioria dos homens, ao ser questionado, de bate-pronto respondeu (sem nem pestanejar): o bum-bum. Deus superou-se num só ato: a criação da mulher... Alguns menos erotizados responderam com moderação que preferiam as per­nas. Outros, sem querer (ou sem poder..) se com­prometer, responderam que o que mais lhe chama a atenção nas mulheres são os olhos. O interessante da história é que ninguém, ninguém mesmo, se lembrou das qualidades intelectuais da mulher, do seu "savoir-faire", da sua delicadeza, da sua postura e elegância, ou de seus instintos maternais. Em outras palavras, ninguém lembrou da mãe, da irmã ou da esposa. Todos pensaram imediata­mente naquela "gatona" que vive no mundo particular da fantasia de todo macho sonhador. O protótipo pode ser loira ou morena, magra ou "boazuda", branca ou negra, angelical ou perversa. O que elas têm em comum é que é com ela que você queria estar numa ilha deserta. E não com a sua mãe, sua irmã ou sua esposa. Precisa perguntar a razão? Creio que não. Se eu fosse um dos respondentes da pesquisa seguramente também me esqueceria dos dotes intelectuais, dando preferência a certas proeminências bem rechonchudas (minha avó dizia que o que abunda não prejudica...), principalmente se estivesse à beira de uma piscina ou bebericando uma caipirinha na areia fofa do Guarujá. O problema é que a maior parte da nossa vida é gasta no trabalho, com problemas, dívidas e correrias e não em cenários paradisíacos, logo, como é que ao ser questionados no que é que nos chama a atenção na mulher, ainda conseguimos encontrar forças para acionar nos­sas fantasias numa realidade tão brutal­mente negativa como a nossa? Não há dúvida que os atrativos da mulher continuam, ao longo do tempo, exercendo um atrativo muito forte para homem. Tanto no campo físico como no intelectual, a mulher é um páreo duro e, embora mais facilmente reconhecida no físico, vem se afirmando no intelectual a cada dia que passa. Quando Deus fez a mulher, em todas as suas dimensões, ele se superou. Nunca mais conseguiu construir algo tão completo, tão belo e ao mesmo tempo tão diferente. Você seria homem suficiente para discordar de mim?